quinta-feira, 9 de maio de 2013

Livrai-me Da Falta de Palavras. Amém!




Senhor, eu só queria me livrar da mudez. 

Eu só queria voltar a falar. 

Queria voltar a poder me expressar.

Queria ter vontade de me expressar como antes. Gostaria de emitir uma opinião sobre os mais variados assuntos. Gostaria de voltar a me importar.

Adoraria deixar de ser e estar alheia às coisas que acontecem em minha volta.

Queria achar o pedaço de mim que se perdeu.

Essa vontade de nada, essa abundância de falta esse inundamento de ausência está me incomodando.

Senhor, onde eu reencontro minha paixão pelas palavras? Onde eu a perdi?

Pai, porque eu simplesmente não tenho mais vontade de nada? Porque esse desânimo avassalador me persegue? Como faço pra me livrar da inércia? Esse estado de stand by me deixa triste.

Escrever sempre foi meu hobby, até outro dia eu não sabia, mas quando descobri a minha paixão me senti realizada. Agora, eu simplesmente não tenho vontade.

Ter uma opinião, ajudar as pessoas, dizer o que eu penso nunca foi problema pra mim. Agora, eu apenas não tenho vontade.

Eu não consigo me achar. Não consigo me identificar.Não reconheço a minha identidade.

Estar em falta com blog, significa estar em falta comigo. Se não cumpro com o meu "dever" que é mais que um prazer, é sinal que estou fora de órbita. Estou perdida. Muda. Negligente. Indigente.

Quero minha identidade de volta. Quero minha doce rotina de volta. Quero voltar a sentir prazer nas coisas que fazia. Quero voltar a fazer as coisas que me dão prazer.

Me ajuda, Senhor!

Verônica

6 comentários:

Das coisas que vejo e gosto. disse...

Oi Verônica!!!!

Menina, como eu queria conversar com você!!! E te contar algumas coisas que, penso eu, poderia ajudar.

Teu e-mail ainda é o mesmo?

Beijos!!!

Selma

Os Mosqueteiros! disse...

Oi meninas!!!

Vixi... falta de inspiração pra escrever pra uma ESCRITORA DE PRIMEIRA é dureza... nem posso imaginar! Já tive dias assim, mas o "tédio" de escrever passou. Acho que eu só precisava de inspiração! ;)

Por isso, eu queria convidar ambas a escreverem sobre um tema em comum (blogagem coletiva, lá no Diário!): 10 COISAS QUE APRENDI COM MINHA MÃE!

Porque se a mãe de vocês é, assim, sensacional, bacanérrima, descolada, inteligente, precavida, um espetáculo, a gente quer conhecer - e se inspirar!!!

Participam conosco?

Bjos e bençãos.
Mirys

http://diariodos3mosqueteiros.blogspot.com.br/2013/04/10-coisas-que-aprendi-com-minha-mae.html

Anônimo disse...

Verônica...

Pareciam minhas as suas palavras... estou me sentindo assim.
Certamente a maré complicada passará e Deus lhe ouvirá... você vai voltar a escrever brilhantemente como sempre!
Bjokas

Luana

Tânia disse...

Poxa vida, eu entendo mas sinto falta dos textos...
As duas estão sem vontade de escrever?
Espero q passe logo. Aguardo vcs. bjs

Celino Góes disse...

Quero e vou ver você e cinthya no Debates sobrre cultura e arte durante o majestoso evento '' JOAQUIM, TEREZA E O JUMENTO '', do mestre Otoniel Gondim. Restaurante Devassa, Jua-BA, Dia 14 de junho. Muitos a esperam com ansiedade. Adoramos vocês duas!

Romildo do Novo mEncontro disse...

'"" JOAQUIM, TEREZA E O JUMENTO '',peça teatral, show em tributo a Chico Buarque e um DEBATE de tirar o fôlego com mediação de Sibelle Fonseca. Debatedores de alto peso intelectual e político: Ledo Ivo, Wank Medrado, Prof. Mavée Melo, Malu, Dalmir Pedra, e voç~^es, ,inha preferidas. Restaurante Devassa, dia 14 de Junho. Uma noite magnífica!Otoniel nota dez.