sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Em Nome Do Pai... Da Mãe... De Deus...


(by Cinthya)
Parei num posto de gasolina onde tem uma loja de conveniência que serve de point para os adolescentes do lado burguês da cidade. Meninos e meninas de, no máximo, 17 anos... Todos bebendo cerveja ou ice, fumando e se ‘amassando’.
Eu fiquei a imaginar: “Deus do Céu, será que os pais sabem que essas crianças estão aqui fazendo o que estão fazendo?”
Daí o meu amigo, vendo minha indignação, falou: “Na net tem um vídeo de uma menina nua, dançando aí, nesse mesmo lugar onde eles estão... Isso que você está vendo não é nada se comparado com o que rola mais tarde da noite.”
Meu estômago embrulhou na hora. Senti um mal estar terrível porque eu tenho um filho, meu filho vai chegar àquela idade e vai ter amigos e vai sair com eles.
E será que eu saberei o que meu filho andará fazendo, o que pensará ou o que se passará em seu coração?
Faço de tudo para ser sempre a melhor amiga do Pedro. Falo sinceramente com ele, desde o ventre, sobre o que o mundo que o espera. Sobre o que desejo para ele. Sobre liberdade, respeito e amor. Faço tudo o que está ao meu alcance... Mas... Será que é o suficiente? Será que os pais daqueles adolescentes também não fazem isso e, mesmo assim, os filhos se perderam ao longo da estrada?
Eu morro um pouco sempre que vejo um jovem perdido para as drogas. Uma vida sem sonho, sem amor, sem brilho. Mentes tão novas e já mortas... Vidas recentes e já acabadas...
Pais que sofrem por ver os filhos escorrendo entre seus dedos.
E creio, uma dor que beira o insuportável.
Vida para nossos filhos!!!
Muita vida!

4 comentários:

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Oi Cinthya,

Imagino a sua preocupação, não deve ser fácil. Mas, certa vc, conversar, dar carinho, estar presente na vida do filho é o mais importante para que ele não precise canalizar a energia de outras formas por aí.

Beijos,

Bela - A Divorciada

O Divã Dellas disse...

É, Bela!!! Não é fácil ter filho no mundo como o nosso!
Mas te digo com toda a sinceridade de uma vida: Pedro é o maior e melhor presente que Deus pôde me dar.
É tanto amor, mas tanto amor que não cabe em palavras.
Algo tão forte!!!
Aff.... Me emociono com isso.
Beijo grande e estou aqui, de volta.

Carla disse...

Sim as preocupações são inerentes aos pais e mães de jovens e adolescentes.
Mas Cinthya você não acha que os pais são muito permissivos também, passam a mão na cabeça em bobagens aparentemente tolas mas que na verdade estão moldando a personalidade dessas crianças, para o bem ou para o mal ?? Todos em algum momento terão suas rebeldias e conflitos, porém acredito que a família seja a base de tudo. Essa menina que se despiu e se exibiu como será a vida, a família dela.
Acredito que tudo depende de como eles são orientados, que valores lhe são passados, condutas, exemplos e educação.

Muito pertinente seu post.


beijinhos

San disse...

Essa é a preocupação de todas nós .Mas acredito que isso tudo que vemos é consequencia de uma educção sem limites dentro de casa e dentro da escola , por isso acredito eu que ainda a base de tudo será a educação que damos a eles , ensinar desde cedo o que pode e o que não pode como um dia nos foi ensinado , levar a serio a vida relifgiosaa enfim acredito que chegou a hora de voltarmos na forma de educar bjs