terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Cadê o Velhinho Do Saco Vermelho?

(by Cinthya)

Gente, hoje já são 21 de Dezembro...
O Velhinho tá batendo na porta com o seu saco vermelho (e epero que esteja cheio de presentes)!!!
Ho Ho Ho!!!
Poxa... Ainda lembro a decepção que senti quando minha madrinha, de forma tão insensível, me contou que Papai Noel não existia, que nunca existira. Chegou a ser doloroso (por que os adultos fazem isso com uma criança?)!
Mas, lembranças dolorosas à parte, estava eu atracada com minha quentinha na copa da empresa e ouvi o diálogo dos colegas:
- Rapaz, cada ano que passa as pessoas perdem mais o espírito de natal.
- É mesmo, cara. Quase não se fala.
- E já estamos na semana do Natal.
- Verdade.
- Daqui a alguns anos essa data será apenas um feriado qualquer. Sem nenhum significado especial.
- É uma pena.
Daí eu comecei a pensar e a comprar o presente com o passado.
De fato, para nehuma empresa que liguei ouvi "Feliz Natal". Em nenhum supermercado, ou  mercearia, ou padaria, ou Banco, em lugar  nenhum ouvi o Feliz Natal.
Até mesmo eu, tenho esquecido de falar... Lembro de ter gritado FELIZ NATAL para o fiscal do Detran quando terminei minha baliza e ele disse: Aprovada!
Lembro disso, mas muito pouco tenho falado e parece que isso é geral.
Caramba, queria tanto que meu filho pudesse vivenciar os doces dias de Dezembro que saboreei na minha infância, adolescência, juventude e início da trintude (casa dos 30). Dias tão sensíveis, cheios de afeto, de abraços, de sorrisos.
Onde está esse sentimento?
Será que somente em Petrolina ele tem sido esquecido? Será que somente no meu campo de visão ele tem deixado de marcar presença?
Sinceramente... Hoje ao chegar em casa conversarei com o meu Pequeno Principe. Falarei para ele sobre o a importância desses dias e inventarei qualquer coisa de diferente para que ele sinta que Dezembro é um mês especial, que pelo menos esses dias serão diferentes, estaremos mais próximos de Deus.
E começarei a sorrir mais, a desejar mesmo Feliz Natal à todos.
Espero, sinceramente, que somente eu tenha sentido essa mudança... E que isso não passe do fruto de uma cabeça cansada das lidas diárias.
Desejo sinceramente que o Natal continue tendo o cheiro e o sabor que minhas lembranças carregam.
E para todos desejo que o Bom Velhinho, tire do seu saco vermelho o presente ideal para cada um: A Paz, O Amor, A Paciência, A Benevolência, A Humildade, A Sabedoria, O Discernimento, enfim.

Feliz Natal, minha gente!

2 comentários:

Juu disse...

Oiie vim te desejar um Feliz Natal e 2011 repleto de bençãos, paz, saúde
e que todos os seus sonhos se realizem'
Adoro esse cantinho com tantas ideias'
BJo

Juu Oliveira

O Divã Dellas disse...

Infelizmente o espírito natalino está se perdendo, junto com o amor entre as pessoas... Essa época é apenas periodo de aquecimento nas vendas e pique no comércio. Só isso. O que é lamentável.

Ah, aproveito e ensejo e deixo registrado aqui o meu pedido ao Velhinho do Saco vermelho: Querido Papai Noel, o senhor pode me dar um celular novo? É que roubaram o meu. =/ Obrigada!