quarta-feira, 20 de julho de 2011

C O N F L I T O S


(by Cinthya)


Cheia de conflitos eu continuo...



Parece que a alma minha vive numa busca que nunca termina.


E quando eu penso ter alcançado o objetivo, tudo muda de cor, de cheiro

E vem a certeza de que continuo perdida.


Trancar-me ou pedir socorro?


Chorar ou manter a calma?


Gritar aos ouvidos ou desaguar no papel?


Tudo é confuso dentro de mim,


E nessas horas nada parece fazer sentido.


A sensação de estar só na minha loucura vem somente acentuar o que me perturba.


As coisas mudam muito rápido,


Parece que perco a sintonia com as mentes do mundo,


Que somente eu penso dessa forma, somente eu acredito nessas verdades.


Tenho medo e coragem.


Medo. Não de perder a vida.


Mas sim de perder a poesia que vejo em tudo.


E coragem?


Coragem de enxugar a minha lágrima seca, pegar o lápis e despejar minha dor no papel.


Isso talvez não resolva meus problemas, mas me dá, é fato, uma doce sensação de alivio.


Faz-me acreditar que a alma minha possa um dia ser eterna.

7 comentários:

O Divã Dellas disse...

"Quando tudo está perdido, sempre existe um amigo... Quando tudo está perdido, sempre existe um caminho..."
Feliz dia do amigo, Parça!

Te amo!

Beijos!!!



Também desejo feliz dia do amigos a todos vocês que vêm ao Divã, particpam das nossas vidas e divide a vida de vocês conosco.
Sintam-se abraçados!!!

Beijos!!!


Verônica

Selma disse...

Cynthia, estou adorando esse seu lado poético!
Beijos!!!

Antonio Alcebíades disse...

Lindo texto. Tanta sensibilidade assim, só se pode perceber na pétola de uma flor, na fragilidade de um bebe ou ainda na pele de uma mulher apaixonada.

Ricardo disse...

É a sintomática da alma de poeta! rs...
Poetas, assim como artista natos vivem desses dilemas. Digo isso poque conheço um cara que aos sete anos de idade ganhou uma sanfoninha e já saiu tocando sem nunca ter estudado e logo foi parar na Rádio da cidade. Esse cara é o meu pai e ele também tem a alma inquieta assim.
Isso é Dom, Thyntia. É a sua maquininha preparando inspiração pra daqui a pouco... rs
E te digo mais... tem cura não viu!
Bjo meninas!

Van disse...

Ci ! Que linda ! Que saudade ! Que tudo ! Vim aqui para te dar um cheiro de Dia do Amigo , um pra você e outro pra Vel , duas lindas que mesmo sem conhecer pessoalmente admiro , respeito e moram aqui no meu coração !

Quanto a tudo isso que você disse no post , só tenho duas conclusões que posso fazer : isso é típico da nossa alma inquieta , feliz e ferida de poeta e também de nossa solaridade ariana ! São duas essências completamente explosivas que nunca se apaziguam , sempre vivem em ebulição aqui dentro do peito. Deixe sair os bichos pelas palavras que alivia um pouco a tormenta do coração ! Grande Beijo ! Aqui sempre !

www.meusescritoseoutraspalavras.blogspot.com

Zil Mar disse...

Passo para desejar a vcs ,um FELIZ DIA!


deixo um grande abraço!


Zil

Coração Peludo disse...

Parabéns! Feliz dia para vocês!