quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Qual A Tua Prioridade?


(by Cinthya)

Eu tinha um emprego de 08 anos em uma conceituada empresa. Confesso que já estava cansada, precisando de tempo pra mim. Eu morava na empresa, praticamente. Saia de casa muito cedo e chegava muito tarde. Muitos sábados e domingos foram trabalhados para dar conta de entregar tudo dentro do prazo. É certo, nunca perdi um prazo, mas perdi as minhas horas que poderiam ter sido usadas para mim, para o meu filho, para a minha vida. Recebi promoção, mas a insatisfação continuava.
Eu saia de casa e deixava meu filho dormindo (saia muito cedo). Algumas vezes eu ligava pra casa pedindo para minha mãe não deixá-lo dormir antes da minha chegada. Eu me sentia uma monstra. Eu vivia irritada, trancada, carregada de um estresse maldito que não me deixava ver o brilho das coisas.
Um dia as coisas chegaram num ponto que eu parei e perguntei para mim mesma: o que eu estou fazendo da minha vida? Meus dias estão passando, meu filho está sendo criança e eu não estou vendo isso. Ele só será criança uma vez na vida. Eu não o levo pra escola, eu não o pego na escola, eu não dou as refeições dele. O que eu sou dele, então? É justo para nós dois?
Foquei num objetivo. Procurei e encontrei outra oportunidade de emprego, ganhando a metade em relação a salário, mas com muito mais tempo para mim e para minha vida. Pedi desligamento da senzala e saí de lá muito mais leve.
Hoje eu levo o meu filho para a escola todos os dias. Tenho muito tempo para brincarmos, para conversamos. Hoje eu sorrio com muito mais freqüência e com muito mais freqüência eu visito amigos, eu alimento sonhos. Algumas vezes saio com o meu pequeno apenas por sair, para andar, ver gente e descobrir coisas novas que para ele são o máximo (tipo sentar na calçada e ficar vendo os carros passarem na lombada ou comer pastel na pracinha do bairro).
Muitos me taxam de louca por ter dito não a uma multinacional. Mas eu me sinto feliz por ter dito SIM a mim mesma.
PS: Continuo procurando um jeito de ter ainda mais tempo para mim! Por que daqui a pouco, a minha vida chega ao fim e eu não quero levar comigo a sensação de não ter vivido tudo o que eu podia, de não ter amado tanto quanto devia. Enfim. Eu quero levar uma história linda, cheia de amor. Eu quero levar o máximo de lembranças, deixar o mínimo de lacunas. O que me sustém é “vida” e não status.

14 comentários:

Vanessa Souza Moraes disse...

O tempo é sempre uma questão...

http://www.vemcaluisa.blogspot.com/

Andarilho disse...

Tá muito certa nisso. Que adianta passar a vida sem viver?

My disse...

Aff...
A vida é pra ser vivida não carregada como um fardo...
bjs*

Eu, Dam, para mim... disse...

Eu gosto deste tipo de depoimento. De pessoas que largam o "aparentemente melhor" para ter mais tempo para si mesma e a família. Para mim, família é o que temos de mais valioso na vida. Ainda não tenho filhos, mas sonho em te-los e qdo eles vierem, vou continuar trabalhando, mas quero ter um pouco de tempo para acompanhá-los. Fazmos uma criança feliz simplesmente ao tomarmos um sorvete juntos e ouvir o que ela tem a dizer. Coisas simples mesmo. Eu quero isso para mim. Quero que minha família tenha lembranças doces, muitas...
Mas tem também o outro lado. Tem pessoas que se realizam em uma empresa. Que não se importam em se dedicar tanto, pois se realiza ali. Vai da prioridade de cada um. E como somos todos diferentes,e isso é muito bom, cada um escolhe o seu jeito de ser feliz. rsrs, é o nome do meu bolg, mas foi sem querer tá? Fluiu...rs
Bjo.

Tati disse...

É... com a busca cada vez maior da qualidade de vida, a coisa mudou. Antigamnte tempo era dinheiro, hoje, dinheiro significa tempo e tem que ser muito bem avaliado quanto do nosso tempo tem que ser investido para ganhar dinheiro!!!

Julliany kotona disse...

Amei seu blog,gostei tanto que resolvi fica por aqui to te seguindo bjos;*

Zil Mar disse...

Seu texto tocou me profundamente...

Aplaudo vc de pé pela decisão certa...na hora certa....

Viver sempre foi e será a coisa mais importante da vida!

bjo!


Zil

Van disse...

Certíssima ! Assino embaixo aí tudo o que disse, Ci ! E por falar no filhote , ele melhorou ? Tudo bem já, né ??

Eu sigo (como vc viu...no meu inferno particular , lembrando que meu inferno astral vai começar dia 21 ainda, mas já se adiantou aqui dentro...) vamos porque a vida não pára e os problemas existem para serem resolvidos ! Bora amar mais ! Beijuuuuuuusss

'Gui" disse...

Chega um momento de nossas vidas que precisamos abrir mão de umas coisas para nos sentirmos mais feliz, mais humana.. E esse foi o seu momento, o sucesso é questão de tempo.
um grande beijo..

monge disse...

Vim, vi e gostei.

Antes de mais, gostaria de retribuir vossa simpática visita e dizer também que fui lendo alguns dos vossos posts, os quais me agradaram bastante: pela sensualidade, pela frontalidade, pela naturalidade e pela prioridade que as pessoas devem dar à vida. Parabéns.
Voltarei.

Borboleta no Casulo disse...

Aposto que hj vc é mt mais feliz do q antes! E é isso que importa!!
Bjss

Cáh disse...

Olá...

em primeiro lugar, muito obrigada pelas visitas e pelos comentários!


quanto ao post, isso serve pra muita gente, acredito que vc fez o certo, esta escolhendo sentir, aproveitar, isso é muito bacana. Foi ótimo ler isto... ainda sou muito nova, mas trabalho demais sem tempo pra nada, e sei que devo fazer as escolhas certas lá na frente... Indiquei seu blog para umas 3 pessoas... que sei que vão gostar muito!

Um grande Beijoo!

Ursula disse...

Quando a gente vai contra nossos valores é infelicidade na certa. Parabens pela coragem de buscar aquilo q é importante pra vc, por buscar dentro de vc o que realmente te importa.
Beijos querida
ursulaferraricoach.wordpress.com

Carla disse...

Cynthia,
assim como a infância do seu filho é uma só, a sua vida também é uma só. Por isso faça as escolhas que melhor te fizerem bem. Status e grana ajudam muito mas não são tudo quando se sofre por não viver as coisas simples da vida. Pense em você !

beijos querida !