terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Ele Era Só Dela E Fim. Ela Era Só Dele E Fim.



Outro dia, conversando com uma amiga, ela me relatou uma linda história de amor, narrada por um homem. Para tudo! Um homem narrando uma linda história de amor??? É sim! Um homem, e quem ver a história através de uma visão masculinamente sensível também vai se encantar. Vamos aos fatos:

Ele era um menino tímido e de poucos amigos, e como toda criança tímida sofria  muita chacota das demais crianças. Ela, uma menina espontânea e muito extrovertida, popular e querida por todas as crianças. Cresceram unidos e ela se tornou uma espécie de protetora pra ele. Eram mais que amigos, eram parceiros e cúmplices. A adolescência chegou e a amizade permaneceu, como  na infância descobriram muitas coisas juntos, na adolescência descobriram o amor. Começaram a namorar. Um namoro de juventude que durou 10 anos e em seguida veio o casamento. Que vai muito bem, obrigada! São quase 8 anos de casamento num relacionamento total de mais de 30 anos, somando amizade, namoro e casamento.

O que diferencia esse casal de muitos outros é que ele nunca teve outra mulher na vida, e ela por sua vez, nunca conheceu nenhum outro homem. São felizes e satisfeitos com a relação que construíram ao longo dos anos  e diferentemente do que julgam outras pessoas, eles não precisaram ter outros amores para valorizarem o que possuem. O que eu achei mais fascinante foi a forma como ele descreve esse amor, e como ele demonstra satisfação ao contá-la. De fato, é um troféu a ser exibido.
Parece um conto de fadas, não parece? Parece uma história irreal, mas não é. É muito real e acontece aqui, bem pertinho de nós.

Achei linda, sóbria e incomum essa história. Mais ainda por vivermos num mundo tão volúvel de amores tão superficiais e passageiros. Onde a infidelidade parece ganhar cada dia mais espaço nos lares e nas vidas dos casais.

Peço a Deus que abençõe esse super casal e desejo vida longa ao amor dos dois.

Verônica

8 comentários:

Borboleta no Casulo disse...

Pois é Verônica, homens tb são românticos e sensiveis.
Bjs

Marisa Cristina disse...

Vevel, ouvir essas historias faz tão bem, uma vez conversando com a esposa do meu tio ela disse, se casasse novamente, casaria com o mesmo homem, achei tão lindo. Beijos!

Ursula disse...

Essa história me fez lembrar meu avôs paternos. Eles começaram a namorar com uns 14 anos e só se separaram qdo a morte os levaram (bem, as vezes nem assim se separaram né?). Foram aproximadamente 70 anos juntos. E mesmo velhinhos pareciam dois namoradinhos. Dançavam juntinhos, passeavam de mãos dadas, essas coisas fofas.
Beijos
ursulaferraricoach.wordpress.com

Milinha disse...

Lindaaaaaaaaaaaaaa história. E olha eu sei que realmente é verdade viu. E é lindo ve-lo tdoooooooo dia reconquistar aquela mulher ["Como Se Fosse A Primeira Vez"] com quem ele vive a em média 15 anos juntos [desde qdo ele tinha 17]. Caraaaaaca confesso q naum acredito mtooooooo em fidelidade masculina, mas esse meu amigo me provou o q eu até a algumas dias atrás achava improvável. Um amooor lindo, amigo, companheiro... Viagens, carnavais, festas, futebol... Um tipo de amor q mtaaaaaaaaaas mulheres querem [eu sou uma delas]. Espero eu encontrar o meu. Mas fico mtooooooooooooo feliz por meu Amigo... Parabééénsssss meu Tutor, vc é uma inspiração e exemplo a ser seguido. Bjoooooooos meninas. E obrigada por ouvir e por publicar essa linda história de amor [real]!!!

Ana Paula disse...

Que linda história...eu sempre duvido da fidelidade masculina, pelo menos quando eles estão comigo...kkkkk, eu fico sempre com um pé atrás e isso já acabou com meus relacionamentos......

Beijos

Zil Mar disse...

Eu digo AMÉM!

Em toda regra há exceção...

Ainda bem.....


bjos menina!


Zil

Carla disse...

Que lindo e raro esse amor Verônica.
Difícil de ver hoje em dia. Que seja preservado pra sempre.
Parabéns ao casal. E a você pelo texto bem descrito.

Obrigada pelo carinho.

beijinhos

San disse...

Eu vivi uma estória dessas meu orimeiro namorado, e eu a primeirissima dele, foram 19 anos de namoro e cumplicidade.... foram dias felizes que fizeram valer a pena , até que para mim um dia acordei e descobri que a vida não era tão cor de rosa como parecia rsrs , tomara que pra sua amiga dure para sempre bjs