sexta-feira, 12 de agosto de 2011

C E G O S


(by Cinthya)

De quem é esse olhar
Que me condena os atos
Que me reprime os gritos?
De quem é essa mão
Que levanta-se sobre mim
Que tenta, inutilmente
Me impor medo?
Quem é você?
Responda-me!
Quem é você que não sabe viver...
Que não sabe amar...
Que não sabe sorrir...
Não calo o meu grito!
Não controlo a minha loucura!
A sua loucura é mais insana.
O seu olhar é mais cego.
A vida é louca!
E a loucura,
Dentro de mim
É sã!
É vida!
É liberdade!
É poesia!

Um comentário:

Natalia Campos disse...

Que lindoooo!!! Adorei. Seja sempre assim, insana. Que a poesia te dá sanidade pra tudo nessa vida. Escreva sempre. Beijos. Au revoir.