sexta-feira, 1 de abril de 2011

Meu Marido Tem Uma Amante Virtual


(by Cinthya)

Hoje temos e-mail de uma leitora que pede nossas opiniões sobre uma situação difícil pela qual está passando. Então, com a autorização dela (claro!) e mudando apenas alguns dados, publicamos seu pedido de socorro e espero que possamos ajudá-la de alguma forma.

"Me chamo Sandra, estou na casa do 30 e sou casada há 10 anos. Tenho 02 filhos com o meu marido e uma relação tranquila, um marido presente, embora muito atarefado com o trabalho. Eu também trabalho.
Pois bem, ultimamente tinha percebido que meu marido estava passando muito tempo na internet, nos horários que antes eram "meus". Ele só largava o computador depois que eu já estava na cama. Aquilo começou a me intrigar, mas sempre respeitamos a privacidade do outro. Isso era uma política nossa.
Certa noite eu entrei caladinha na sala onde ele estava ao computador. Ele achou que eu já estava dormindo, vim de ponta de pé e vi que ele estava no bate papo com uma mulher. Ele ficou tão nervoso ao me ver atrás dele que sequer conseguia minimizar a janela e eu pude ler um trecho do que eles conversavam.
A minha reação foi apenas chorar, sai de lá e não o deixei encostar um dedo em mim, não quis conversar, não quis ouvir qualquer explicação dele. Fui “dormir” no quarto das crianças e o deixei lá com sua "sujeira".
Mais tarde, ele me disse que nunca havia encontrado aquela mulher, que apenas "conversavam" pelo bate papo, mas que jamais havia tido um envolvimento físico com ela. Mas o que eu vi podia ser tudo, menos uma simples "conversa".
Nossa relação sempre foi forte, sem abalos, sem reclamações. De fato, fui pega de surpresa com essa situação.
Ainda não consigo deixar que ele me toque... Mas também não acho certo deixar meu casamento acabar por conta dessa história.
Estive lendo o blog de vocês e criei coragem para escrever e pedir ajuda... Sei lá... Alguma coisa, uma opinião.
Agradeço muito."


Sandra,
Decidi falar sobre o seu e-mail porque conheço pessoas que passaram pela mesma situação que a sua. Em uma das histórias, o casamento recém-construído foi por água abaixo. Os papéis eram o oposto de sua história, talvez por isso o perdão não tenha existido. Era uma história bonita, mas que não sobreviveu a esse "abalo".
No outro caso, o casamento já tinha uma longa história (assim como o seu) e os papéis eram os mesmo. Houve apenas um período de raivas, rancores, mas depois as coisas se acalmaram e a relação perdura até os dias de hoje, a confiança foi reconstruída e a história salvou-se.
É difícil opinar na vida alheia, principalmente em se tratando de assuntos do coração. Mas se você está nos pedindo uma opinião (e deixo bem claro que é OPINIÃO apenas) vamos lá:
Você deve ter lido os posts dessa semana e deve ter visto o meu ponto de vista em relação a traição masculina, pois bem. Você disse que o seu casamento nunca foi uma relação problemática, que a história de vocês tem alicerce firme, tem harmonia. Uma história de 10 anos... Dois filhos.
Sandra, só você sabe o tamanho do amor de vocês, só você sabe o que você sente por ele, a importância dele na sua vida. Só você sabe o que vocês viveram, dividiram e só você sabe se ainda quer continua a construir essa história, se ela (a história de vocês) é maior ou não que essa dor que você ta sentindo.
Tente identificar os sentimentos, classificá-los, tipo: decepção, medo, orgulho ferido, amor. Veja qual sentimento tem maior poder. Isso vai te ajudar. Observe o seu marido, escute o que ele tem para lhe falar. Você o conhece há muito tempo, sabe quando ele fala a verdade e quando mente.
Pense... Pense... Pense antes de decidir qualquer coisa. E lembre-se, a sua felicidade é o objetivo da sua vida! Mas ser feliz requer sabedoria e trabalho!
Um xêro e espero que nossos leitores também possam ajudá-la, afinal, envolvimento virtual caracteriza ou não uma traição?

14 comentários:

Anônimo disse...

Cada vez mais adoro esse blog...eita assunto cabulosinho esse hein!
Eu vou confessar que já flaguei meu marido tc na net com uma talzinha...e fui dura...perguntei da onde era, como se conheceram e tal. Ele falou que a conheceu numa sala de bate papo , perguntei qual e ele foi dizendo, e disse um monte de coisa ...que nao era nada demais , que era só pra passar tempo e blá blá blá...O que eu fiz? fiz um msn falso, entrei na sala de bate papo e comecei a procurar a dita cuja...ate que achei. Me passei por homem , disse que era advogado( descobri que mulheres adoram teclar em sala de bate papo com medicos, dentistas, adogados ...hahaha, só gente bem sucedida). Enfim, troquei msn com ela e comecei a cantar a mulher. Fui cruel? Muito!!! Mas ele havia confessado que ela estava apaixonada por ele , então eu me vinguei. Teclei muito com ela, usei foto falsa, me passei mesmo por homem . Notei que sempre q eu entrava ela ficava on line, me esperando( kkkkk) e depois de 4 meses nessa " vingança" ela diz que se apaixonou por mim. kkkkk....aí eu tive até peninha da minha " rival". Notei também que ele diminuiu de entrar na net. Exclui a dita cuja e depois de um ano eu conversei com ele e contei o que fiz. Ele deu muita risada( no começo ficou surpreso e me chamou de doida) e aí contou com detalhes como foi que entrou no chat. Tava no trabalho e mais dois amigos entraram , fez outro msn ( pois o dele eu tinha a senha) e add esta pessoa. Que ela era engraçada e gostava de tc , mas q ela foi se apaixonando e ele quando percebeu foi justamente quando eu descobri e ele excluiu a conta( me engana que eu gosto! hahaha). Enfim. Sabe o que eu percebi? Que tem muita mulher carente nessas salas de bate papo, muita mentira, e que quando vc entra e encontra esse tipo de gente a conversa pode ser envolvente. São muitos elogios e homem adora se sentir o rei da cocada preta.
Se eu fosse a Sandra, tentava descobrir se era um caso, ou só uma confusão do marido.
Beijos,
Ana.

San disse...

Acho que traição pe traição , tanto no virtual como no real , então minha xará cuidado! sinto mto mas quando os maridos começam a passar mais tempo na net do que com voce algo estranho tem que estar acontecendo reveja os pontos e veja se ainda vale a pena , se vale invista bjs

Mila Lopes disse...

Complicado Sandra, às vezes pode não ser nada, mas tamb não podemos afirmar que não há algo mais serio...Investiga, não fique omissa, tamb não sacrifique sua vida tentando salvar um casamento, isso se houver um caso mesmo dele com essa outra lá, porq quem faz uma faz duas...Minha opinião!

Bjs e boa sorte!

Assis de Mello disse...

Cinthya,
Vim retribuir sua visita ao meu blog e agradecer suas palavras encorajadoras.
Você também tem um belo espaço aqui, vou explorá-lo com calma.
Sobre esse tópico da infidelidade, recomendo o seguinte livro:
O Mito da Monogamia, de David Barash & Judith Eve Lipton (ed. Record, 2007).
Qual da duas é você ?
Beijão para as duas,
Chico

Mirys disse...

Sandra:

Mulher, que enrosco! Mas, vamos lá aos meus pitacos: decida se você gosta ou não do marido - acho que sim, pois ninguém fica 10 anos com outra pessoa sem gostar (se você me conhecesse saberia que eu iria dar EXATAMENTE essa opinião). Isso é o mais importante de tudo!!!

Sinceramente, nenhuma forma de traição é legal, mas se ele só falou com a menina pelo pc, mulher, desencana! Eles não se viram, não se tocaram, ela não pode estar "apaixonada" por ele se nunca o viu!!! Isso é coisa de gente doida e carente, que se contenta com (muito) pouco.

Pra ter paixão, envolvimento, relacionamento, é preciso a parte física!!! Então, só tome cuidado para que isso não aconteça... porque, se ele estava conversando "empolgado" com a menina, é porque alguma coisa entre vocês não vai muito bem...

Conselhinho: se arrume até pra ficar em casa, compre lingeries novas, cozinhe o que ele gosta, mas continue com o "biquinho" de "eu estou brava, esqueceu?". Porque homens a-do-ram ser provocados, desafiados. Faça com que ele queira TE conquistar, de novo! Quando você achar que já está bom, ceda.

Se não der certo, pelo menos você sai desse relacionamento (fisicamente) inteiraça!!! Linda de ver e viver!!!

Bjos e bençãos.
Mirys
www.diariodos3mosqueteiros.blogspot.com

Artur Costa disse...

Normal.... acontece, mas preocupa!.. Assim há a probabilidade de rolar sentimento. Pode até ser mais fácil rolar sentimento do que numa transa casual de boate!! Desculpa, mas eu tinha que falar!!

Mirys + Guigo + Nina disse...

Srtas. Ci e Verô:

Estamos sentindo MUITO a falta de vocês no nosso cantinho!!! Está tudo bem????

Pra vocês não perderem a história, esse é o capítulo de hoje (intenso e curioso... como sempre! há!).
http://diariodos3mosqueteiros.blogspot.com/2011/04/era-uma-vez-16-um-cantinho-um-violao.html

Bjos.
Os 3 mosqueteiros

Mirys + Guigo + Nina disse...

Srtas. Ci e Verô:

Estamos sentindo MUITO a falta de vocês no nosso cantinho!!! Está tudo bem????

Pra vocês não perderem a história, esse é o capítulo de hoje (intenso e curioso... como sempre! há!).
http://diariodos3mosqueteiros.blogspot.com/2011/04/era-uma-vez-16-um-cantinho-um-violao.html

Bjos.
Os 3 mosqueteiros

'Nathiii* disse...

Acho meio infantil quando usam a opção de dar o troco só para aliviar o ego. Acredito que nessas situações o que se deve analisar é como você sobreviveria continuando o casamento e como seria se viesse a acontecer uma separação por conta disso, se conseguir separar as coisas boas e ruins de cada fator, isso será determinante !
Mas, acredite, a resposta só você tem !!!

Marisa Passos disse...

Sandra, acho que vc não deve deixar a sua historia acabar por causa de um bate papo na net, não decida nada enquanto estiver com raiva, só pede para ele respeitar esse momento e que depois vcs conversam, deixa claro a sua decepção mais perdoa, afinal ele é o seu amor e pai dos seus filhos, tenho certeza que vai voltar a ser o que era. Boa sorte!

Anônimo disse...

Abra a relação.Diga que ele pode continuar e comece a fazer o mesmo.Deve ser animado.Homem é muito mais inseguro que as mulheres.Voce verá a reação dele.A não ser que ele não queira ser liberal ele não vai aguentar ver voce conversando com outros homens.

Ursula disse...

Nessas horas a pessoa tem que escutar seus sentimentos, colocar na balança e ver o que pesa mais. Dificil situação.
Beijos querida.
OBS: vc ainda está tendo problemas pra postar lá no blog??
Beijos
ursulaferraricoach.wordpress.com

Lília disse...

Sandra,

Muitas vezes segurança demais em uma relação nos faz fantasiar coisas, e a internet é um ótimo acesso as nossas fantasias, pare para pensar como anadava a sua relação, se estava morna ou estável demais e repense porque o seu marido desejou ter esse tipo de comportamento, quando somos dois, não podemos nos ausentar da responsabilidade do todo.

Acho que um relacionamento não deve ir por água abaixo à menos que tentemos tudo, até o fim, então repense a situação, converse sobre ela, investigue e fique esperta aos sinais...

Depois que conferir tudinho, pense no que vc quer e sente, primeiro você e depois decida o que é melhor para os dois.

Beijos, espero ter contribuído!

Anônimo disse...

Pessoalmente nunca trair, porem, Virtualmente já tive algumas paquerinhas , porem, não considero como traição.

Parabéns pelo belo texto !