quarta-feira, 13 de abril de 2011

Seja Gentil!

(by Cinthya)



Eu ia saindo do Shopping, apressada para não perder a hora de entrar na empresa, vi o sol quente que me esperava e pensei: “Caramba, como faz falta um carro!”. Quando pisei o pé na calçada uma moça me aborda:

- Moça, você sabe onde fica o Expresso Cidadão?

- Sim. Fica aqui dentro do Shopping. – respondo apontando para o lugar de onde eu acabara de sair.

- Já entrei aí, mas não o encontrei.

- Sabe onde fica a Praça de Alimentação?

- Não.

- A PlayToy?

- Não.

- Você não é daqui?

- Não. E tenho uma prova agendada no Detran do Expresso Cidadão.

- Então vem. Me segue.

Voltei e a acompanhei até o local procurado por ela.

- Moça, muito obrigada pela ajuda, por ter me trazido até aqui. Quando eu contar, ninguém vai acreditar que ainda existem pessoas assim como você.

- “Como eu”, como ?

- Gentil!

Eu me senti uma esquisita. E percebi como nós nos deixamos envolver pela correria do dia-a-dia, como deixamos de ajudar em coisas tão simples, aquilo não me custou 3 minutos do meu tempo e, no entanto, ajudou a moça a não perder um teste importante que tinha que fazer.

As pessoas vivem muito mal humoradas, trancafiadas nos seus problemas, nas suas inquietudes, nos seus medos. Fecham-se num mundo onde apenas o seu redor é visto. Passam por cima de pedintes e sequer os olha, buzina para o motorista iniciante que deixou o carro apagar quando o sinal abriu.

As pessoas não olham para o próximo. Não dão “bom dia” ou “boa tarde”! Não cedem seus lugares para um mais necessitado. Quantas vezes nos ônibus a gente vê idosos, grávidas ou mães com bebês tentando se equilibrar em pé enquanto jovens sentados fingem não ver para não oferecerem seus lugares.

Quantos espertos furam a fila do banco enquanto os idosos esperam para serem atendidos. Quantas recepcionistas mal humoradas dão informações pela metade e complicam a vida da gente. E tudo isso devido a uma rotina estressante a que nos submetemos, onde prazos (que não fazem parte daquilo em que acreditamos) precisam ser cumpridos, onde o tempo é curto para atender tanta exigência, onde a gente se mata para fazer algo que não nos satisfaz por não ser o que sonhamos, o que temos aptidão. E assim vamos tratando as pessoas como tratamos os papéis, os relatórios ou tudo aquilo que exige de nós uma dedicação a algo que não é exatamente o que definimos como sendo o melhor.

Gentileza está além de educação e etiqueta, gentileza está relacionada com caráter, valores e ética. É um jeito de ser, é o modo de agir, é forma expressada de sua visão de mundo. É exercer consigo e com o outro o melhor de você, no intuito de promover a paz, a harmonia, o melhor para o mundo. Gentileza abre portas e portas importantes, sejam profissionais, amorosas ou simplesmente portas no coração das pessoas.

Para se ter uma idéia, um dos quesitos mais procurados nos profissionais de hoje é justamente a capacidade de ter habilidades humanas, como por exemplo, a gentileza que vai funcionar como um agente conciliador e ajudar a empresa num momento de impasse, qualquer que seja ele. Conhecimento técnico uma faculdade oferece, mas alguns outros conhecimentos são bem mais difíceis de serem alcançados e quem os tem apresenta maiores chances de destaque.

Impossível ser gentil sem antes ter amor a si próprio, amor ao próximo, saber se colocar no lugar do outro, elogiar as pessoas, saber pedir desculpas.

Gentileza traz saúde, amigos, pessoas que desejam estar ao seu redor, pessoas que gostam de ouvir você falar, pessoas que te têm como referencial de paz. Ser gentil não dói, não requer dinheiro, nem curso superior. Ser gentil faz você ser inesquecível na vida das pessoas e ativo na construção de um mundo melhor.

Faça da Gentileza sua eterna tendência! Ser Gentil não sai de moda! Gentileza gera Gentileza!

E eu não poderia deixar de falar nela, justamente nessa semana em que se é comemorado o nascimento do Profeta Gentileza que passou por aqui e se tornou eterno!


 
G E N T I L E Z A
(Marisa Monte)
 
Apagaram tudo
Pintaram tudo de cinza
A palavra no muro
Ficou coberta de tinta

Apagaram tudo
Pintaram tudo de cinza
Só ficou no muro
Tristeza e tinta fresca

Nós que passamos apressados
Pelas ruas da cidade
Merecemos ler as letras
E as palavras de Gentileza

Por isso eu pergunto
À você no mundo
Se é mais inteligente
O livro ou a sabedoria

O mundo é uma escola
A vida é o circo
Amor palavra que liberta
Já dizia o Profeta








































10 comentários:

Van disse...

Ciiiii , saudades !

Eleve isso a quinta potência aqui em São Paulo , onde as pessoas até mesmo quando se encostam no metrô mega lotado ainda se olham feio , como se houvessem lhe roubado a integridade um simples roçar de blusas ou de bolsas num momento de aperto.

Gentileza é hábito , para mim é natural assim como você ! Sempre que posso ajudo e como não ajudar ? Dou informações , auxilio quando sei , o quê vai me custar ? Nada e não espero receber nada em troca porque continuaria fazendo da mesma forma. Outro dia fiquei arrasada quando vi uma moça cega descer do metrô e ficar na plataforma , sozinha , parada , as pessoas olhavam mas ninguém ia lá perguntar se ela queria ser conduzida até a saída (óbvio que sim!) e não dava pra eu ajudar porque eu não havia descido naquela estação , mas se tivesse tempo desceria somente para ajudá-la ! Qual o problema em ser gentil , em ser solidário ?

Amo aqui e amo vocês duas ! Sempre ! Grande Beijo !

www.meusescritoseoutraspalavras.blogspot.com

Andarilho disse...

Estresse e correria são só desculpas pra maioria das pessoas. Elas não seriam gentis nem se tivessem ganho na mega sena.

Anônimo disse...

Eu acredito muito na educação. Educando crianças, mostrando como ser gentil, formaremos adultos mais gentis.

Kiko Nascimento disse...

PEnsem que até vc está de bom humor incomoda. Porque eu já ouvi de uma pessoa: "Porque vc está sempre rindo? que saco!"

Acredite. Pra não incomodar eu teria que andar stressado.

Marisa Passos disse...

Precisamos ser mais gentil, o mundo precisa urgente, para que nossas crianças tenham algo de bom para vivenciar.

Kiko o pior é que existe pessoas assim mesmo, mais o melhor a fazer é não ouvi-las.

Paxah disse...

E nesse clima de Gentileza, aproveito para divulgar a Vakinha! A
"vakinha" é pra comprar uma cadeira de rodas para Jamille. O link é
confiável e é pago pelo pagseguro, é seguro mesmo! Quem tiver qualquer
dúvida pode mandar msg por aqui, que respondoLink da vak...inha: http://www.vakinha.com.br/Vaquinha.aspx?e=35258

Dry disse...

Nuss, eu amei o blog..
Perfeitooooooo
Seguindooo
Adorei o texto, realmente a maioria das pessoas so olham pro seus próprio umbigo...triste isso mas é fato...
Beijos

Mirys + Guigo + Nina disse...

Lindo!!! Amei!!!
É isso aí!
Apoiadíssima, Ci!!!!!!

Meninas, no inicio da semana, tive um piti por causa das mudanças que não ocorrem. E criei coragem! E soltei um grito de ajuda!

Hoje, já começo a me inspirar! Passem lá no Diário e me dêem os seus pitacos
http://diariodos3mosqueteiros.blogspot.com/2011/04/surtei-3-as-cores-e-as-inspiracoes.html

Bjos e bençãos.
Mirys

gileuza disse...

texto reflexivo... cabe a cada um de nós nos perguntarmos: Quantas vezes já fui gentil hoje? Muito bom o blog, parabéns!!!

VaNê disse...

Lindo, perfeito!

Be nice ;)

Bjs