quarta-feira, 6 de abril de 2011

A Senhora Do Meu Destino.



Existem coisas na vida que fazem mal, mas são deliciosas, então a gente esquece os contras e se joga. Eu tenho um problema de saúde que faz meu peso aumentar, devido a retenção de líquidos e baixa atividade do metabolismo. Por causa desse descompasso, minha vida deveria ser diferente, eu deveria viver em dieta, mas não vivo, deveria fazer exercícios físicos, mas não faço, deveria tomar remédio, mas não tomo, assim como deveria frequentar a nutricionista e à endocrinologista com uma frequência maior do que uma vez por ano, ou uma vez a cada dois anos. Deveria, deveria, deveria, mas não faço! Sei o que é bom e o que é ruim e opto pelo ruim por ser mais cômodo. Azar o meu, eu que arque com as consequências...

Em vários momentos da vida temos essa opção de escolher pelo "bom" ou pelo "ruim" muitas vezes ignoramos essas duas palavras e optamos pelo mas gostoso, mais prazeroso, mais confortável. Até aí tudo bem, cada ser humano é produto de si mesmo, cada um sabe a dor e delícia de ser o que é e cada um que segure sua onda quando o bicho pegar.

O que não dá é pra ficar se colocando como vítima das circunstâncias, como coitadinho e como alvo. Aí não... Chocolate é uma delícia, mas engorda, tomar uma cervejinha é uma delícia, mas engorda, acordar 5 da manhã faz muito bem à saúde, mas é extremamente complicado e assim vai... Tudo que é bom sempre tem um porém e é nesse porém que se encontra o problema.

Portanto, quem tomar uma decisão que arque com as consequências dessa, quem quiser sentir o prazer de experimentar o fruto proibido que se entenda com o dono do pomar depois.

Nos relacionamentos também é assim, seja com a família, amigos ou companheiro. O controle é nosso, sempre é. A intensidade da decepção é relativamente proporcional ao grau de expectativa depositada. Ou seja: alguém só me magoa ou me decepciona se eu permitir, e a intensidade dessa decepção também terá uma parcela de colaboração minha, parece presunção, mas não é! A matemática é simples. Você é o responsável pelas coisas que lhe afetam e de que maneira lhe afetam.

Eu já tomei minha decisão e seja o que Deus quiser! É melhor pagar pra ver no que vai dar. É melhor tentar e não dá certo, do que nem tentar e carregar consigo a dúvida dilacerante do que poderia, por ventura, ter sido e não foi, não foi porque você não tentou...

Coloquei o pára-quedas nas costas e pulei!

Arrisquem, tentem, errem, caiam, levantem, mas vivam! Como diz o poeta "A vida é muito para ser insgnificante!"

Beijos, pessoas!!

Verônica


10 comentários:

San disse...

Vixiiii esse post deveria levar meu nome rsrsr sou bem assim opto sempre por asquilo que é ruim pra mim....mas vou levando, no caso AMOR, bem nesse caso entro sempre de cabeça , não conheço outra maneira e sempre saio com algumas escoriações , mas não por me intimidar, e sim pq entro , pulo de cabeça, dou mortal rsrs mas to la bj

Andarilho disse...

Tô ficando velho, agora eu vou ao médico sempre, hahaha.

Mas é isso aí, faça o que quiser, mas assuma a responsabilidade.

Mila Lopes disse...

Olá!
Pura verdade, adorei!
Bjs

Intimidadora. disse...

E que delícia é viver, né? Sem arriscar, não tem graça e como diria Caio F.: Que seja doce.

;)

Van disse...

Escolhas sempre são difíceis , mas arriscar é extremamente necessário. Senão , do contrário , como provamos que estamos realmente VIVOS ?

Saudades daqui e de vocês. Correria imensa. Grande Beijo !

Ursula disse...

Ótimo post querida! Somos responsáveis por nossas escolhas. É como vc falou, se optarmos por comer chocolate temos que arcar com as gorduras a mais. Qdo escolhemos algos devemos ter conssciência que essa escolha terá consequências. E como tudo, existe a parte boa e a ruim. Se não comer chocolate vc não terá o prazer de sentir aquela coisa maravilhosa derretendo na boca, hummmmmmmm, mas em compensação não terá números a mais na balança.
Beijos
ursulaferraricoach.wordpress.com

Marisa Passos disse...

Arrisque com responsabilidades...rsrs Beijos Vevel.

VaNê disse...

Vcs me esqueceram, é? Snif, snif...

Nem foram buscar o selinho :0(

VaNê disse...

EEEEEEEEEEEEEEEEEEE! Agora sim!

Adorei!

Bjs

Luciana disse...

Ótimo texto, adorei.. Parabéns pelo blog meninas. beijos