quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Deu Branco!



Deu branco! Isso mesmo. Fugiu o assunto. Não sei sobre o que escrever. E olha que eu tentei... Espremi, espremi, espremi... e nada! Inspiração a gente não força, né? Ela simplesmente vem, ou não. Acho que violaram meu sistema cerebral e hackearam todas as minhas ideias.
Quando surgiu a ideia do blog, eu me uni a Cinthya com o intuito de fazer uma coisa que ambas amamos: escrever. Sem regras, sem amarras, sem responsabilidades, sem gesso, sem moldura, sem parâmetros ou padrões. Queríamos apenas pôr em prática uma forma de expressão. Não sentamos e decidimos assim; "Óh, você faz isso e eu faço isso. Isso pode e isso não pode". Não! Aqui é proibido proibir. E nós falamos sobre coisas que achamos relevante ou sobre temas que as pessoas pedem que a gente fale. Claro que temos a responsabilidade e o bom senso de jamais escrever algo ofensivo, ou que desrespeite alguém. Respeito aqui é fundamental, é o alicerce de tudo.

Essa liberdade nos dá o poder de decidir se queremos ou não fazer um texto sobre o que quer que seja. E escrever por escrever não faz sentido, não pra nós. A ideia central do Divã é compartilhar. E é isso que buscamos fazer. Já dividimos tantas coisas aqui; planos, sonhos, alegrias, tristezas, crises existenciais, histórias engraçadas... E hoje divido com vocês a minha falta de conteudo. Assunto tem, claro. Sempre tem. A vida é repleta de fatos importantes e corriqueiros, que merecem atenção, mas a minha falta de concentração ou a minha impossibilidade momentânea de abordar algum assunto interessante me impede.

Isso pode ser reflexo do vazio que me corroi por dentro e até dele eu já falei aqui, pode ser consequência da abundância de escassez que me toma, pode ser o resultado da falta de foco, pode ser tanta coisa... E pode ser nada também. Quem sabe...

Seja lá o que for, tá aí...

Então é isso. Hoje estou sem assunto para abordar. Ou sem capacidade de enxergar a relevância em algum tema.


Verônica

9 comentários:

O Divã Dellas disse...

Tem certeza que você não tem assunto???
E esse texto lindo que você escreveu é o que mesmo, hein?
Você é Fera!
Beijos,
Cinthya

O Divã Dellas disse...

E não é que do vazio brotou um desabafo? Acho que foi o desespero rsrs

Valeu, parceirona!!

Beijos!!

Verônica

ϟ Cynthia Brito disse...

Meninas, tenham uma boa tarde!
Vim agradecer o carinho comigo no mu blog!!! Espero que depois deem uma passadinha no blog da Thaisa. Amo a escrita dela.
Ah, eu não sei se me saí bem... mas estou ansiosa para ver o resultado, embora ainda ache muito cedo pra corrigir o gabarito. Muitas águas ainda hão de rolar. Tá uma bronca danada com a questão de ter vazado 9 questões da prova de matemática... Deixa estar né? Bora por Deus à frente de tudo!

Verônica, desabafar é sempre bom! E compartilhar é algo que não pode jamais fugir do nosso dia-a-dia! Adoro esse seu jeito colorido de escrever, de enxergar as coisas, de debater, sabe?

Bom... eu sinto saudades daqui. Quero vir todos os dias, mas estou comprometida com tantas coisas, que às vezes só dá tempo de fazer a postagem e nem visito os cantinhos queridos...

Minha xará, fique bem, viu? Você tbm tem cada doçura que alimenta minha fome de palavras!

Bjs.

Sandro Silva disse...

Oi gente! Boa tarde. Como sou novo no Divã e todo dia estou aqui para ver os pensamentos destas meninas; venho expressar o meu. Veveu, amei sua colocação. Esses dias Cinthya quase escreveu um roteiro de um filme (Até Que A Morte Os Separe). Então sugiro como tema vocês falarem e nós comentar algo sobre "Viagem no tempo". Ja penso nós encontramos nós mesmo no futuro ou no passado. Seria muito engraçado. Deixo minha sugestão. Bjs

Debby disse...

Oi meninas eu estou me sentindo um pouca vazia mesmo
Meu cachorrinho Bob que morava comigo mais de 10 anos morreu essa madrugada... já ouvi n coisas ... inclusive que erá só um cachorro..
Mas a tristeza continua.. as lágrimas também.. ele fazia parte de minha história.. :(

Mas vou melhorar..
Bjs
Debby :)

Lília disse...

Como diz a minha vó, tem gente que calada fala mais que todo mundo, rsrsrs

Você começou dizendo que não tinha o que dizer e acabou falando de um mal que acomete todos os blogueiros. Acho o bacana é isso, é se sentir livre, sem hora, sem dia, sem assunto certo, e vir aqui e dizer, ou não dizer...

Adorei o texto e posso dizer que eu muitas vezes já fui tomada por essa falta do que dizer...

Super beijos!

Andarilho disse...

Eu ando com bloqueio de escritor. Fico pensando em tanta coisa, mas na hora de sentar e escrever, some tudo.

Aí, como eu já não ando muito bem, nem escrevo muito.

O Divã Dellas disse...

Cynthia obrigada pelas palavras!! Vou lá no Blog da Thiasa sim! Ela é fera, adorei!!
Volte sempre ao Divã sentimos sua falta.

Beijos


Amigo Sandrinho adorei a sua dica. Imagina eu me bater comigo mesma daqui há 10 anos? Seria uma experiência interessante. Vou pensar a respeito. Obrigada pela dica. Beijos!

Debby, como comentei lá no seu cantinho eu lamento muitíssimo a sua perda e sei os laços que foram criados. Fique bem! Beijos!

Lilian querida!! Obrigada pelas palavras... É verdade, muita gente passa por essa falta de palavras vez ou outra.
Obrigada pelo carinho de sempre!!
Beijos!!

Andarilho,

Espero que vc solte essas amarras e esse bloqueio de escritor se dissipe. Espero que você tenha uma verborragia e nos deixe extasiadas com as histórias bonitas, tristes, divertidas e sérias que só vc sabe contar.
Obrigada por se fazer tão presente aqui no Divã. A opinião dos meninos é sempre bem-vinda.

Beijos a todos e obrigada!!

Candido Filho disse...

Oi, Não acho que te faltou assunto, pois esse próprio texto comprova que ele mesmo já é um assunto. E muito bem explanado, muito bem colocado. Bjs