quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Pega a Fila, Meu Bem!


(by Cinthya)

Quando um relacionamento termina, normalmente passamos um tempo de mal com o mundo, de mal com o romantismo e tendo a certeza de que aquele namorado da nossa amiga não a ama, está apenas iludindo-a, afinal de contas ele é homem e homem é tudo igual. "É questão de tempo para que ele mostre suas garras", concluímos. E como nos irrita o fato de alguém nos contar coisas melosas de um casal apaixonado! (Argh!). Desenvolvemos verdadeira alergia ao romantismo, namoro, casal, e tudo que seja "dois". "Como pode as pessoas viverem grudadas dessa forma, o tempo todo se falando, o tempo todo se declarando... Chamando de 'Bem', 'Vida', 'Môzinho'... Credo! Não sei como não se enjoam!". Enfim, é intolerável ver em outros casais o que vivíamos com o nosso ex.

Mas isso passa. O tempo passa e carrega com ele as mágoas (ou uma boa parte delas), e passamos a nos sentir revitalizadas. De repente a gente acorda e se percebe cheia de amor, ou pelo menos, cheia de vontade de amar. Cheia de vontade de sonhar, de planejar, de ter alguém com quem dividir momentos agradáveis, alguém pra nos escutar, para se preocupar conosco, alguém para nos mostrar um outro lado das coisas (que nós, quando sozinhas, não enxergamos), alguém para somar mais felicidade aos nossos dias. E aí a gente percebe que está pronta para amar novamente. Voltamos a escutar música romântica, voltamos a ler poesias, ver casais apaixonados apenas atiça o nosso desejo de logo logo se ver naquela situação novamente.

Então mudamos a cor do cabelo, pintamos as unhas de vermelho, escolhemos melhor a roupa. Passamos mais tempo em frente ao espelho, sorrimos mais, sonhamos mais, voltamos a usar as bijouterias, a comprar novos perfumens, cremes, óleos perfumados, mudamos o shampoo para um ainda mais cheiroso, nossa cabeleireira passa a nos ver, pelo menos, três vezes por semana. E com isso nos sentimos lindas. Não, lindas não. Nos sentimos 'o máximo', a 'personificação da beleza'.

E agora, que estamos de bem com a vida novamente, podemos enfim sair com as amigas, dançar, beber, badalar, paquerar e ter a certeza de que temos um coração lindo e todo reformado, prontinho para caber numa relação.


Quando estamos nesse estado de harmonia com nós mesmas, dando leveza a tudo que nos cerca e "nos achando", pode crer, o nosso 'radar' funciona e o amor surge. E vem avassalador, gostoso como só ele sabe ser. A gente se entrega e curte, e ama, e vive intensamente tudo que se há para viver.  Queremos apenas  sorver tudo que há nele. E desejamos ardentemente que ele "seja eterno enquanto dure!" Afinal, o passado passou mesmo. Do amanhã não sabemos quase nada e o que temos de concreto e real é o hoje, o agora.

Sejamos felizes, então! Até que a fila ande novamente (ou não).


7 comentários:

Van disse...

Tá vendo só ? É por essas e outras que digo que não podemos deixar nossa vida à espera, à margem, vamos ser felizes hoje, mulherada !

O amanhã a gente nem sabe como será , então vamos desligar o Stand By e viver o aqui, o agora...lindas sempre...com a alma repleta de sonhos, de amor e de paixão, claro ! Grande Beijo Ci, Grande Beijo Verônica. Lindas !!

O Divã Dellas disse...

Eu tenho uma amiga que a fila dela anda em circulos...

Verônica

Borboleta no Casulo disse...

Esse texto foi feito pra mim ne Cinthya?! rs
Me vi muito na parte que me a mulher muda a cor do cabelo, pinta unha de vermelho (o meu esmalte dessa semana é vermelho rs) e compra perfumes e oleos e etc, pois bem, é assim que me encontro, me arrumando, me cuidando e a espera do grande amor, afinal a fila anda meu bem rsrs!!
E espero que o meu radar funcione rs!!
Bjsssss meninass

Daniii disse...

Tô na torcida pra que esta fase chegue em minha vida... e que este luto pós relacionamento vá embora pra bem longeeee de mim!!!

=)

Carla disse...

Cinthya !!
É isso, deixar a vida ir mostrando os caminhos, estar sempre pronta pra viver intensamente, mesmo que seja o luto de uma relação rompida, tem seu momento de aprendizado, e importante é sabermos usar esses momentos em nosso benefício.

beijos meninas !!

Zil Mar disse...

Muito bom...adorei o texto!

Concordo!!!!


bjos!


Zil

Amanda disse...

nãoooo esse texto foi feito pra mim
Vel como vc mesmo disse esse é a minha cara
mais óh consegui de verdade
a mais de um ano a pessoa que me fez muito mal
fez com que a minha fila andasse
e olhe custou mesmo eu consegui me abrir pra alguem, curti um momento a dois, pois em meu pensamento todos homens eram iguais, só que isso não é impecilho pois sabemos que não vivemos sem eles kkkkkkkkkkkk
no entanto a minha fila andaaa agoraaa, e enquanto eu não perceber que esse vale a penaaa eu não to parando a minha filaa uauhuhahuahu

amiga adoreiii

bjus