terça-feira, 3 de abril de 2012

Vamos Combinar?


Ok! Já sei que você é comprometido e que não vai acontecer nada entre nós, além de amizade. Apesar da química absurda que nos envolve e que todos ao nosso redor conseguem perceber. O não envolvimento eu já entendi, só não entendi, ainda, o porque de tanta aproximação. Então, vamos organizar isso?

Diante dos fatos, me sinto no direito de impor algumas condições para proporcionar uma boa relação, já que temos que conviver diariamente. Querendo ou não...

Vamos às proibições:

Você está proibido de me chamar de apelidos carinhosos, peço que  me chame pelo meu nome e no tom mais formal que puder. 

Te proibido de passar a mão nos meus cabelos ou me fazer qualquer elogio. Aliás, qualquer toque entre nossos corpos está proibido. Até um simples e despretensioso aperto de mãos pode disparar o gatilho dos meus devaneios. E elogios é covardia, né?

Outra coisa que você está proibido de fazer é ligar pra mim. Principalmente quando puder tratar o assunto por email ou msn. E está mais proibido ainda de, nessa mesma ligação, admitir que poderia ter tratado por msn, mas ligou porque queria ouvir minha voz... Aí já é demais pra mim.

Peço que pare de olhar pra mim com olhos de promessas, depois sorri como quem nada quer...

Não seja gentil, nem cuidadoso, nem atencioso e muito menos carinhoso.

Não sorria pra mim. Aquele sorriso tímido que eu acho lindo.

Não use aquele perfume que eu adoro!

Não use aquela camiseta azul que é a minha favorita.

Não me deseje um bom final de semana. Nem conte perto de mim suas experiências amorosas.

Eu te proíbo de me acusar de radical. Já que não posso ter você, posso pelo menos escolher o que eu não quero. E essas proibições são para preservar a minha integridade emocional e física.

Verônica

7 comentários:

O Divã Dellas disse...

A-D-O-R-E-I !!!!
Sim, mas ele pode, pelo menos, ler esse texto, não pode?
Vou ligar agora mesmo e pedir pra ele ler...
Ha ha ha!!!
Amei.

Cinthya

O Divã Dellas disse...

kkkkkkkkkkkk

Engraçadinha!!!

Já basta a tortura psicológica de ontem.

A senhorita está PROIBIDA de fazer isso!

Verônica

Larissa Danielle Barros disse...

Simplesmente ammeeeeeeeeeeeeeeeei!

Se esse texto já existisse à um tempo atrás eu o teria enviado a alguém com certeza!!!

PERFEITO!!!!

VOCÊ ARRASOU VERÔNICA!!

Das coisas que vejo e gosto. disse...

Vel do céu! Que delícia de texto ( e de recado)!
Amei!

É isso mesmo. Desse jeitinho...e qualquer coisa é motivo pra um disparo de coração. E tudo é motivo pra do nada lembrar da pessoa e por tudo não conseguir esquecer. ô chatice boa, né? ô inquietação...rss

Beijos, amada!
Selma.

Lília disse...

Eu não sei nem quem é, mas que ele deveria ler isso deveria, afinal é a sua vontade não é mesmo? kkkkkkkkkk

Ricardo disse...

Te prepara Vevel...

Se o cara leu ou vir a ler esse texto, ele vai pirar!!!! Hehehehe

Bjos

Debby disse...

Vellll
Mulher, tu me deixou completamente sem fôlego.. e bem que podia ter escrito antes né ?
Tava vivendo algo bem, bem, mas bem parecido rsrsrs
Maravilhosoooo
E já sabe vai parar em algum post meu né ???
Bjs bjs no coração
Debby :)