terça-feira, 9 de outubro de 2012

O ciúme cresceu o amor morreu

Imagem retirada da Internet



Eles são casados há dez anos. Ele era bohêmio de carteirinha, ela uma menininha recém saída da adolescência. Apaixonaram-se e casaram-se em menos de um ano. Ele aposentou as canecas de chopp e apresentou o mundo a ela.

No começo, ela era recatada, tímida, insegura... Ele até entendia o ciúme dela, até por causa da fama de pegador que o acompanhava era reflexo do seu passado errante. Ele era um lobo aposentado, mas sua jovem e bela esposa nunca se convenceu disso. Os ano se passaram e ela começou a trabalhar, emagreceu, mudou o visual e a maneira de se vestir. Ele parou de fumar, aderiu a um estilo de vida mais saudável e começou a praticar esportes.

Uma mudança significativa na vida de ambos só viria para melhorar a convivência e o relacionamento, mas não foi isso que aconteceu. Ela apesar de linda, ficou ainda mais insegura e ele bem mais afeiçoado agora, não demonstrando a idade que tem só fez com que o ciúmes que ela sentia aumentasse.

Dia desses numa conversa com a gente ele desabafou: "Eu não estou mais aguentando! Ela pensa que é minha dona, as vezes sinto como se fosse um objeto e pertencesse a ela. Ela é muito ciumenta. Briga por tudo. Tem ciúmes de tudo e de todo mundo. Uma vez, fomos visitar minha família que mora em outra cidade e ela implicou que a minha prima, que não deve ter nem 14 anos, estava dando em cima de mim, você precisa ver a menina, parece uma sibita de tão magrinha, nem tem corpo de mulher, é uma criança e não faz sentido ela sentir esse ciúmes, você acredita que ela queria partir pra cima da menina pra bater? Eu tenho até receio de voltar lá e ela procurar confusão com a minha família. Eu faço de tudo pra incluir minha família, ela e nossa filha, em tudo que faço. Só saio com elas, nunca saio pra beber com os amigos, e até quando estou na casa dos meus pais com meus irmãos ela está junto. Não tenho um tempo só pra mim, não faço nada que ela não esteja perto. Estou me sentindo sufocado. Minha separação é uma questão de tempo. E nem me peçam pra ter paciência, por que isso eu venho tendo desde que nos casamos. Pra mim já basta. Ela diz que vai mudar, mas não muda nunca. Não aguento mais tanta briga, tanta desconfiança e tanto interrogatório."

O pior de tudo é que ele tem razão. Cá pra nós, a mulher dele é um porre e é desagradável até a alma. Não faz nada pra tornar a convivência deles melhor, não dá um minuto de trégua pro marido e nem agradece as coisas boas, as surpresas agradáveis que ele faz pra ela. Já demos tantos conselhos a ele, dicas de como agradar uma mulher e de como amolecer o coração de uma, mas com ela nada funciona. Ela é extremamente azeda, insatisfeita e ingrata sempre. Ele, ao longo desse dez anos, já pagou por todos os pecados que cometeu na sua época de "vida loka".

Não sei se ele É fiel. Esse tema FIDELIDADE é muito complexo, mas sei que a ela ele FOI fiel, ou e ESTÁ fiel ela. Nunca deu as escapadelas, as ditas, puladas de cerca. Convivemos a muitos anos, e ele sempre desabafou com a gente. Como ele mesmo diz: "Nunca tive coragem de colocar minha família em risco só por causa de uma aventura, vontade já tive sim. Oportunidade também, mas não tive coragem... Achei que não valeria à pena."

É impressionante como uma mulher tola pode colocar tudo a perder. Ela vem minando o relacionamento e tirando as pedra do alicerce. Com as próprias mãos ao longo do anos, ela vem tirando essas pedras uma por uma, ano a ano, dia a dia... 

Ao meu amigo eu só desejo boa sorte! A ela eu desejo juízo!

Verônica

11 comentários:

Panelinha da Fafah disse...

Quer saber? Não tem jeito! Ela vai continuar ciumenta pra sempre! Ciúme é coisa séria, sufoca! Mas em um outro relacionamento ela vai se curar disso, nesse não!

bjnhs Verônica!

O Divã Dellas disse...

Fafá, eu associo o ciúmes à imaturidade. Espero q ela amadureça! bjo!

Verônica

luci disse...

Ciúme demais nào faz bem só atrapalha
beijos

Das coisas que vejo e gosto. disse...

Oi Vel!

Nesse relacionamento que você citou, os dois sofrem. Sofre o ciumento e sofre o outro.

Beijos

Selma.

O Divã Dellas disse...

Lu, ciumes só atrapalha mesmo!!!! Destroi o sentimento bonito q existe.

Beijos!


Selminha, vc tem razão! Ah, e sofre a criança q fica no meio da briga dos pais... Enfim... É sofrimento pra todo lado.

Beijos, amada!!

Verônica

Cozinha de Mulher disse...

É triste uma situação assim...
Quando isso acontece é como ele mesmo disse a separação é questão de tempo, mas irá acontecer.
Ciúmes assim pra mim é doença... e acaba com qualquer sentimento bom que possa existir..
Beijinhos viu?

O Divã Dellas disse...

Eu concordo, Sheila!!! A mulher tola destroi sua felicidade com as próprias mãos...

Beijos!!


Verônica

Enquanto Mulher disse...

Ciúmes assim, já passou do normal e tornou-se doença, será que ela não percebe? Seria tão bom buscar ajuda!

Rosangela disse...

Aff! ciúmes assim ninguém merece, deixa de ser uma união saudavel.

Já pensou se ela resolve ler o livro 50 tons de cinza ...ele vai morrer de tanto ciumes kkkk (fiz um post sobre o livro)

bjs

Angela disse...

Ciumes destrói tudo a volta.
adorei o blog
beijo
boa semana

O Divã Dellas disse...

Verdade, Patricia!! Com os anos de convivência a paz deveria se estabelecer, mas parece q foi o contrário. Obrigada pela visita! Um beijo!!

Rô, acho q se ela lêsse o livro ela relaxaria mais... Sei lá, acho que passaria a ser mais alto confiante... eu acho!
Vou lá no blá blá blá mais badalado da net ver seu post eu simplesmente AMEI a trilogia!! Besos!!!

Angela, vc tem razão... o ciúmes distroi tudo e espanta o amor!!! Obrigada pela visita e volte sempre!! Beijos!!!

Verônica