terça-feira, 14 de junho de 2011

Com a palavra: Elles


Meninas, façamos silêncio para escutarmos as queixas da classe masculina. Essa classe que tanto amamos.

Perguntada sobre o corporativismo feminino do blog eu expliquei que o Divã é um espaço totalmente democrático onde expomos problemas de todos que nos procuram. A maioria das opiniões expostas por nós, é baseada em nossas experiências e coisas que vivenciamos.

Pois muito bem, como não há feminismo no Divã, posto que os comentários são abertos a todos e os meninos que sentem a vontade falam o que pensam e não são questionados ou reprimidos por isso.

Ouvi pacientemente as colocações de dois grandes amigos e através das palavras deles tentarei expor incoviniências que afetam diretamente muitos homens.

Vamos a elas: Os homens não se dão mais ao trabalho de paquerar. Eles perderam "o gosto pela coisa" uma vez que as mulheres assumiram inteiramente esse perfil. Muitas mulheres vestiram a armadura de predadoras e salve-se quem puder. Algumas infligem até regras básicas como por exemplo: respeitar um homem acompanhado, ou comprometido. Pelo contrário, há quem ache afrodisíaco uma aliança no dedo... Uma queixa masculina muito comum hoje é essa. Eles se dão ao trabalho apenas de filtrar as que se aproximam e encaixar cada uma de acordo com a ocasião mais conveniente. Muitos homens estão adorando essa fartura toda, mas é muito pouco provável que esses que adoram essa afobação feminina leve alguma "assanhadinha" a sério ou tope ter uma relação duradoura com ela.

Então, é fácil pra mulherada reclamar que "não tem homem no mundo" ou dizer que "os que tem não prestam, e os que prestam já estão comprometidos". Enfim, tudo depende da sua atitude, a maneira como a mulher se comporta é que vai determinar o tipo de homem que se aproximará (ou não) dela.

Outra queixa recorrente no papo foi a falta de cuidado e entusiasmo com a relação e com o parceiro. Um deles chegou a dizer: "Tem mulher que parece que só tem um objetivo: encontrar um homem e manter um relacionamento sólido. O alvo é só esse, as vezes parece que só quer provar pras amigas que não está encalhada. Quando sente essa segurança esmorece e esquece dos cuidados básicos que tornam a relação realmente firme..." Essa experiência (leia-se queixa) meu amigo tem da relação dele, um namoro de anos que perdeu o brilho. (Meninas, pasmem! Não somos só nós mulheres que sentimos falta de cuidados e mimos, não! Os meninos também sentem)

E por fim, mais uma queixa. O excesso de auto confiança, o acumulo de funções e a preocupação com carreira, estudo, emprego, independência financeira, atenção para as amigas, para família, para o cachorro, para a natação e etc... Ou seja: mil e uma coisas entre o casal. Algumas mulheres são tão independentes, mas tão independentes que esquecem de ser mulheres, companheira, parceiras, esquecem de ser carinhosas, atenciosasa e as vezes até gentil... Esse status de "mulher super poderosa" vem criando abismos entre casais. E nunca é demais estar ligada em pequenas coisas que podem estar minando a relação.

Vale salientar que o propósito do texto não é generalizar. Cada problema citado foi baseado na experiência de cada um. Nem contextualizar um problema bem mais amplo, para cada ação existe uma reação. Sempre cairemos no ciclo vicioso das justificativas: "se eu fiz é porque ele fez isso e isso antes" e não chegaremos a lugar algum. O intuito aqui foi mostrar a visão masculina de problemas antes vistos apenas pelo lado feminino. Ou seja: mostrar o outro lado da moeda. O legal, seria refletirmos sobre e procurarmos em nós a nossa parcela de culpa para os problemas existentes.

Meninos, mandem brasa! Vocês são muito bem-vindo aqui!
Meninas, o Divã é de todos! Fiquem à vontade!!

Verônica

5 comentários:

Larissa disse...

É sempre muito bom ver a visão do homem em relação aos relacionamentos e às mulheres em si.

Bjs

Lília disse...

Verônica adorei!

Diga para os meninos que eles podem se sentir à vontade sempre por aqui... rsrsrs

É bom ver o outro lado da moeda. Bjks

Marisa Passos disse...

Meninos se manifestem, é muito bom saber onde erramos, com certeza vai enriquecer nossos relacionamentos.

Léo Ivo disse...

Alegre menina, você como sempre pertinente. Anote mais uma queixa aí no seu caderninho: A Luana Piovani ronca muito!
rsrsrsrsrsrs

Beijos na dupla!!

O Divã Dellas disse...

Sultão,

A culpa é sua que vai pra cama com a Luana Piovani e deixa ela dormir kkkkkk

Seja bem-vindo! O Divã é todo seu.

Verônica - A Alegre Menina