segunda-feira, 28 de março de 2011

O Sexo Masculino e a Arte De Ser Infiel


(by Cinthya)


Eu não acredito na fidelidade masculina. Não acredito, sinceramente, que exista homem fiel. A infidelidade masculina, no meu conceito é algo intrínseco da personalidade do homem. É dele, nasce com ele, faz parte dele.

Converso muito com os meus amigos homens sobre suas traições, e como converso com eles sem os julgar, escuto muitos relatos sobre esses ocorridos. Percebi que o fato de um marido trair a esposa não significa, para ele, que o amor acabou, ou que ama menos a sua mulher. O homem, geralmente, não pensa assim. Ele trai por trair. É instinto, é testosterona demais percorrendo em seu organismo. Chega a ser algo natural para eles, por isso, normalmente, eles nem sentem culpa. Homem é egoísta e a gente tem que saber lidar com isso. Para eles trair é tão natural quanto fazer xixi, por exemplo.

Uma traição sexual sempre ocorre. E ela é enquadrada nessa categoria da “traição natural”. Foi o saciar de um instinto. Foi o momento, o desejo, apenas isso. Nada de sentimento, apenas instinto. E é essa traição que não deveria acabar casamentos, relacionamentos, porque ela sempre vai acontecer. Nela só o corpo é usado. Elas acontecem apenas para satisfazer o instinto e a necessidade de autoafirmação masculina.

Homem fiel é conto de fadas! Homem tem que ser ‘leal’. Saber preservar seu relacionamento, saber manter feliz a sua família e não deixar que suas escapulidas interfiram de forma negativa na sua vida amorosa. Eu dizia para um amigo que ele não devia fidelidade à noiva, mas devia lealdade. E a lealdade dele (ou a falta dela) é que faria o relacionamento ter sucesso (ou não).

Um amigo casado, contou-me certa vez que, após ter se evolvido numa relação extra-conjugal, ao chegar em casa e se deparar com a esposa, sentiu-se mal, muito mal. Embora fosse um traidor nato, daquela vez era diferente, daquela vez ele se sentira culpado, porque daquela vez não havia sido somente o corpo, a alma também fora reclamada, gerou-se um sentimento e ele viu a sua lealdade à esposa, à família ser posta em risco. Como não abria mão de seu casamento estável, procurou um jeito de não continuar com a aventura. O preço em jogo era alto demais. Ele foi racional e está até hoje no seu casamento. Voltou atrás e manteve sua lealdade.

Para as mulheres fica uma dica, que eu uso e sempre deu certo. Não procure vestígios de traições, porque você vai encontrar. Não viva em função do parceiro, se você fizer isso, vai jogar para perder, porque se transformará numa neurótica à espera de que ele faça o mesmo (viver unicamente por você) e homem não pensa e nem age dessa forma (como eu já disse, eles são egoístas demais para isso.). Não pense muito sobre o tema “traição”, caso contrário vai viver um inferno, pois irá enxergar até o que não existe. Seja leve, feliz. Tenha seus amigos, saia com seus amigos, encontre outras formas de diversão que não seja com o marido/namorado/noivo/namorido. Exista além do relacionamento, tenha uma vida particular ativa. Não se sinta e não seja dependente dele. Não condicione sua felicadade à ele. Não cultive o sentimento de que o seu relacionamento é a sua vida... O seu relacionamento faz parte da sua vida, mas sua vida é bem maior que ele.

Não queira que o seu par pense igual a você. Ele é homem e muitas coisas que são importantes para você, para ele são bobagens e isso não muda. Não deixe coisas pequenas e imutáveis arranhar a história de vocês. Sejá sábia. Observe apenas se o seu parceiro tem sido leal à você. Se ele não tem dado motivos para desconfianças, se tem sido leal (indiferente de ser ou não fiel), então relaxa. Ele te ama!

21 comentários:

Liberdade. disse...

não acredito em fidelidade,mas sim em lealdade,pra mim a traição acontece no coração e não no corpo; eles são apaixonados por nós,querem a todo momento nos proteger(mal sabe eles que nós os protegemos:deles mesmos...)mas eles necessitam do sexo e muitas das vezes atraição acontece sem ao menos perceber.
um abração!

Van disse...

Ci ! Dessa vez terei de discordar de você ! Não acredito em generalizações e acredito que NEM TODO homem traia , apesar de ser algo do instinto. Acredito em alguns homens fiéis e vejo isso em meu círculo de amizades , assim como também vejo os mais cafajestes se aproveitando da "ingenuidade" de suas mulheres. Uma mulher finge não saber , mas na verdade ela sempre sabe quando está sendo traída. Nós não somos bobas ! Grande Beijooooo !

http://www.meusescritoseoutraspalavras.blogspot.com

Mellry c੭ disse...

Que Loucura é essa? Generalizar, que TODO HOMEM trai! A maioria deles são enfieis sim, mas todos não.

VaNê disse...

Não aceito traição, porque não temos que justificar esse comportamento masculino como algo natural e deixarmos pra lá. Porque conseguimos ser fiéis? Eu estou criando meu filho com outros conceitos e espero que ele aproveite bem a vida dele, com consciência e tudo mais, mas que ele quando escolher alguém que seja digno e fiel. Se quiser trair que seja solteiro! Já vi mulheres arruinadas por traição e temos a maldita mania de justificar isso porque "eles são homens".

Bjs

Ursula disse...

Ai querida, dessa vez vou ter que discordar. Não podemos generalizar, não acredito em generalizações. Acho que tem homens que não traem não. Eu conheço, e mais de um. Tenho amigos que não fazem isso. Vontade eles até podem ter, mas a cabeça os domina, eles sabem que isso não os leva a nada e se controlam. Não deixam a emoção os dominarem. Eles pensam de forma mais macro.
Beijos querida
ursulaferraricoach.wordpress.com

Soldado solitário, Cotidiano de uma vida disse...

A traição tem seus dois lados. O primeiro, serve para termos uma noção sobre nossa felicidade. O segundo é mais desafiador: Tentações. Tanto homem quanto mulher agem por instinto, mas a definição dele para homens e mulheres, são diferentes. Um age por agir mesmo, sem razão as vezes. As mulheres agem por uma ação conjunta entre sentimento e instinto. Quando saem, dificilmente elas conseguem dizer não.

a receita dita pela autora é verdadeira. Não fique caçando borboleta aonde não tem flor, pois assim, você pode encontrar uma ferroada que lhe trará dor por muit tempo.

'Nathiii* disse...

Tenho que ser sincera e dizer que não gostei muito desse texto. Achei preconceituoso e generalizado. Aonde que se confirma que todo homem trai? E eu não estou falando isso querendo me tranquilizar de que meu namorado possivelmente não me traia. Pelo contrário, eu só imagino que, se a gente reclama tanto de machismo, porque então não confiamos no gênero masculino? E olha que tenho muitos, vários, milhões de amigos homens que me contam de suas aventuras e escapulidas.
Há algumas partes em que eu concordo sim, instinto, testosterona, mas, eu tenho um exemplo vivo dentro de casa de que NEM todo homem trai, acho que depende muito da sua maturidade e da forma como se leva o relacionamento, se ele é saudável e se não cai na rotina, então, que necessecidade tem de trair? Tudo bem que eu ainda acho que ser leal é muito mais válido que ser fiel. Eu fico imaginando, na verdade eu acho que não existe essa alma que entre num relacionamento já na certeza de que todo homem trai, imagina só, eu começo a namorar com um cara sabendo que a qualquer hora ele pode me trair porque TODO HOMEM trai! Aí sim, eu ia ficar neurótica e precisando de pelo menos 2 sessões de Psicólogo por semana.
Mas, concordo em dizer que o fundamental é que não procure a traição e que não tornemos nossa vida dependente do relacionamento. A vida é MUITO mais !
Em suma, acho que eu só não gostei de verdade porque, hoje em dia, vejo que mulheres também traem e eu sinceramente não acho que seja instinto, ou querer 'dar o troco', trai porque quer, porque gosta, porque tem vontade! Deve ser por isso que seja tão difícil aceitar um traição como algo 'normal'.
Beijão.

My disse...

Nossa forte o texto! Expõe um assunto muito discutido hj em dia: até que ponto a infidelidade masculina é instinto ou sem vergonhice?! Pra te ser bem sincera acho que são os dois, cada um a sua medida e também acho que quando uma pessoa ama de verdade a outra não senti necessidade de estar com outras...agente pensa assim: "Meu Deus tebho alguém especial me esperando...alguém que me cuida!" e então o desejo de não ferir essa pessoa se torna maior que o desejo carnal...não quero nunca amar alguém ao ponto de perdoar uma traição...quero me amar ao ponto de saber que mereço alguém muiiiitooooo melhor!
bjs meninas!

Anônimo disse...

hahahahah....adorei o texto. Assunto complicado esse e você abordou de forma corajosa. Também já ouvi muita história sobre traição. Amigos meus dizem que trair é algo comum entre os homens, se naõ traiu ainda, trairá um dia´. Não acredito em fidelidade masculina também não. Quem procura acha mesmo!!! Mas numa coisa eu discordo, aceitar infidelidade e justificá-la para mim é impossível. Fidelidade e lealdade pra mim andam juntas e de mãos dadas, quase grudadinhas, se uma tropeça a outra cai , não tem jeito.
Beijos!
Helena Oliveira.

Marisa Passos disse...

Concordo...fedelidade n existe.

Marisa Passos disse...

É da natureza masculina mesmo, vou citar um livro que acabei de ler "Por que os homens fazem sexo e as mulheres Fazem amor" o que precisamos fazer é aceitar as diferenças, os relacionamentos com certeza ia fluir bem mais, é claro que concordo com Cinthya qdo fala de lealdade, eu diria que façam bem feito, é claro que ninguém fica feliz qdo descobre que é ou foi traída, mais o que mais tem é mulher traída que nem sonha, como diz o ditado o que os olhos n vê o coração n sente.

Beijos meninas.

Zil Mar disse...

Adorei o texto!!!

Estou casada há muitos anos...e nunca tive motivos pra desconfiança...mas não digo que coloco minha mão no fogo por ele...jamais...já vi cada coisa....que eu não duvido de nada mais...portanto questão fidelidade pra mim??????????????????????????????



bjo querida!


Zil

Carla disse...

Cinthya !
Linda, acabo de fazer uma sessão de análise. Quanto te devo ?? hehe
Muito bom seu texto, li o penúltimo parágrafo algumas vezes, pra ver se euzinha com toda minha pose de mulherzinha bem resolvida, aprendo de uma vez por todas.

Obrigada !!

beijinhos meninas !

• Cynthia Brito • disse...

Gente, entendi muito bem a colocação da Cinthya ao dizer que TODO HOMEM TRAI. Isto é fato! É impossível um homem não trair, meninas. Eles sempre arranjam uma maneira de nos trair - nem que seja por pensamentos ou por palavras.
Amiga, você abordou um tema muito polêmico e levantou poeira aqui nos comentários. É isso que admiro em você - e sua segurança nas palavras fortes que você usa. Eu, particularmente, concordo plenamente contigo, em todos os aspectos. Principalmente quando falas a respeito das mulheres que têm uma vida conjugal presa ao marido e só à ele - ou das namoradas que vivem/sentem-se presas aos seus namorados, enfim. O fato é que nós, mulheres, não podemos agir assim... Existe uma vida toda pela frente que necessita ser vivida e nós não precisamos viver para um homem que não seja Deus - este sim é puro, fiel, e o único em todos os aspectos. A dependência, a liberdade, a vida duma mulher nunca pode ser comparada à vida de um homem. Com certeza não devemos nos prender à essa fantasia de "meu marido/namorado/noivo é fiel". Bom, se você pensa assim, eu acho melhor você mudar de ideia. Mas se acaso você insistir nessa confiança que você tem para com "seu homem" então eu decido não discordar de você. O que importa mesmo é que a mulher seja feliz, vivendo ou não com/para seu marido.

Beijos.
Com amor,
|Cynthia|

Mary disse...

Amiga, perdão, mas a desculpa esfarrapada dos homens é de que não podem se segurar... ai, ai... e a evolução da espécie ficou apenas por conta da mulher. Eles podem mudar isso, devem mudar... a mulher quando tem TPM, eu tenho e sei como é, é uma coisa anatural e os homens não toleram, então ela se recolhe, se faz forte, se mutila toda... mas procura tudo para não demostrar essa fase louca. Porque com o homem tem que ser diferente? É comodo para ele e para nós mulheres achar normal e concordar com as escapulidas deles... os homens precisam moldar os seus intintos, assim como conseguimos moldar os nossos. Se bem que nós mudamos por causa da opressão, eles não tem motivos para isso, uma vez que as prórpias mulheres criam os filhos com essa mentalidade que podem tudo no campo sexual, enquanto às mulheres cabe aceitar e resignar, pois afinal de contas, é o instinto, eles são assim, é é normal. Vá uma mulher agir assim?

Anônimo disse...

Cinthya,
Tenho amigos com quem converso de tudo mesmo... e alguns deles são fieis, embora a maioria não.
E sao fieis nao por que nao se encaixam na descricao de que pra ele isso seria só coisa de corpo, tesao... mas porque sabe que pra namorada/esposa isso é de outro jeito, e respeita...
Acredito em fidelidade de respeito... quando voce se contem pra alguma coisa porque se importa e respeita o sentimento do outro... e sabe que a dor que isso poderia causar no outro é muito maior que a animaçao do momento...
Bjos

Ricardo disse...

Apesar de atrasado, gostaria de deixar aqui a minha opinião.
Quero dizer que a visão da Cinthya é macro... Digna de uma pessoa observadora e ponderada.
Somos humanos, "animais racionais" vivendo em uma sociedade em constante e acelerado desenvolvimento. A cada dia novos conceitos vêm surgindo e velhos conceitos caindo por terra. Machismo não tá com nada! As mulheres estão cada dia mais interessantes desde que vêm conquistando seu espaço.
Mas... continuamos a ser "animais racionais" e, biologicamente, funcionamos diferentes. Homens e mulheres têm sim diferenças comportamentais regidas pelos instintos e pelos hormônios.
Não quero com isso defender a canalhice de alguns parceiros aí. Um homem deve sempre respeitar sua mulher, ou pelo menos procurar fazer isso. Botar a razão acima da emoção (instinto) e continuar a evoluir "socialmente". Agora... se vez ou outra os instintos de macho falarem mais alto. Dêem-nos um desconto, pow!!! rsrs....

Artur Costa disse...

Belo texto.. vc foi dura, mas verdadeira!!... Melhor mesmo é ver o comentário das mulheres, algumas insistem em se enganar!... rs... Acham q os homens não traem!... Claro que já traíram pelo menos uma vez!!

Luciana disse...

Adorei o texto, concordo com tudo! Penso exatamente igual. Não acredito mesmo em fidelidade, namoro há dois anos, e já "procurei" muito por traição no meu namoro, desisti de procurar, além de nunca achar nda concreto, as vezes acabava implicando com coisas bestas e via coisa onde não existia nada. Claro, as vezes desconfio de algumas coisas, mas penso que ele é um bom namorado e nunca falta comigo, então pra que querer viver um inferno? O relacionamento precisa ser bom, e se o "dito cujo" não está esfregando o "chifre" na sua cara, e te respeita, não adianta ficar procurando.. Demorei pra entender certas coisas, mas lí muito e hoje estou muito melhor comigo mesma, e isso é o mais importante. :)
Adorei os textos, entrei no blog hj e já me pego lendo vários posts antigos! Beijos meninas.

Anônimo disse...

Eu amo um homem 40 anos mais velho doque eu. Amo mtu msm, e garanto qcele me da motivos para q eu tenha certeza q ele me ams, mais disse q eu preciso ter paciençia e esperar q ele resolva alguns problemas dele, para q nos fique juntos ele me ama mais e casado e eu tbm amo... oq eu faço por favoor

Anônimo disse...

Eu amo um homem 40 anos mais velho doque eu. Amo mtu msm, e garanto qcele me da motivos para q eu tenha certeza q ele me ams, mais disse q eu preciso ter paciençia e esperar q ele resolva alguns problemas dele, para q nos fique juntos ele me ama mais e casado e eu tbm amo... oq eu faço por favoor